/ PIXELS / / PIXELS /

FINANCIE

BULLYING: QUANDO A FAMÍLIA E A ESCOLA SÃO OS PRIMEIROS AGRESSORES

BULLYING: QUANDO A FAMÍLIA E A ESCOLA SÃO OS PRIMEIROS AGRESSORES

Bullying é algo terrível que nossas crianças podem sofrer de colegas, certo? Mas e se o bullying parte de nós, pais ou professores, com práticas de disciplina arcaicas? Quando criança, eu não era muito boa em alguns esportes e sofria constante humilhação da professora de educação física. Um dia, minhas colegas, talvez constrangidas, disseram: “Professora, ela é muito inteligente na sala de aula! ”, que rebate: “Duvido, ela não serve para nada”... Ameaçar, constranger, intimidar, bater, isolar, privar de afeto uma criança. Dizer que ela não é boa o suficiente se não te obedecer/ satisfazer imediatamente. Isso é a perfeita definição de bullying. Para erradicar o bullying, temos que parar de praticá-lo com nossos filhos e alunos. Mas como? É sobre isso que este texto irá discutir. APOIE-O!

FUNCIONA ASSIM:

Você apoia com o valor que quiser apoiar. Quando atingirmos o valor mínimo, você recebe o texto em seu e-mail e ele é publicado no site, para acesso de todos. Você contribui com a produção de informação independente, ajuda a remunerar uma mãe escritora e ajuda a manter a plataforma funcionando! É financiamento coletivo, de alguns para todos. Clique em FINANCIAR e apoie!